Como ser motorista de Uber: guia completo

Aposto que você tem curiosidade para saber como ser motorista de Uber, não é mesmo? Por isso, desenvolvemos este guia completo para você ficar por dentro de tudo e realizar seu cadastro na plataforma com tranquilidade.

Fique ligado neste conteúdo até o final, porque tem informações valiosas! 

Como ser motorista: passo a passo para fazer o cadastro no app

A Uber tem uma plataforma muito simples e prática, o que torna a navegação fácil, assim como o seu cadastro. 

O primeiro passo é acessar o site e entrar na seção de cadastro, na qual serão solicitados alguns dados básicos, como nome, e-mail, telefone e cidade em que mora. Depois disso, é preciso enviar a seguinte lista de documentos:

  • CNH (Carteira Nacional de Habilitação), com a observação EAR (Exerce Atividade Remunerada);
  • Atestado de Antecedentes — Secretaria Estadual;
  • Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

Vale ressaltar que as regras podem mudar de acordo com a cidade, sobretudo as que se referem aos documentos solicitados. Existem algumas informações importantes sobre o envio de documentos, e você deve prestar atenção nelas. Veja!

  • não são aceitos fotocópias ou documentos digitalizados — apenas fotografias de documentos originais;
  • os quatro cantos de todos os documentos devem estar visíveis;
  • se a fotografia não está nítida, tem sombras ou objetos que cobrem parte da imagem, o documento também não será aceito.

Depois que a documentação for aprovada por uma equipe especializada, uma pessoa do time Uber, da sua região, deverá entrar em contato com você. 

Neste momento, é importante tirar todas as dúvidas que tiver. O processo inteiro é muito rápido: leva em torno de dois dias úteis. A partir disso, é só começar a rodar!

Como ser Uber: veja todos os requisitos para se tornar um driver!

Agora que você já entendeu como é feito o cadastro no site, vamos falar dos requisitos necessários para ter a aprovação da plataforma. Afinal, essa é uma das partes essenciais do processo, já que, sem o OK da Uber, não é possível realizar viagens pelo app.

Há alguns aspectos considerados para que você seja aprovado. Veja alguns dos itens avaliados para ser Uber driver:

  • não pode ter antecedentes criminais;
  • ser maior de 21 anos;
  • passar no teste psicológico;
  • não ter processos judiciais abertos;
  • ser proprietário ou ter condições de alugar um dos carros listados no site;
  • ter seguro do carro;
  • ter um smartphone.

E aí, você está apto para se tornar parte desta comunidade e assumir a direção?

Como ser um Uber: os carros aceitos em cada categoria!

Vamos falar de um assunto superimportante: o carro! Afinal, parte da experiência oferecida ao passageiro vem da estrutura que ele tem. 

Claro que você é o grande protagonista e quem realmente vai fazer a diferença, porém as avaliações de experiência também contemplam o conforto.

As exigências dos veículos mudam de acordo com a categoria: Uber X, Uber Comfort ou Uber Black. Confira cada uma delas!

Uber X

As regras da categoria mais popular, Uber X, tiveram algumas alterações. Por isso, é preciso ficar atento a elas. Os modelos precisam ter as seguintes características:

  • fabricação a partir de 2013 nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro:
  • fabricação a partir de 2011 nas demais cidades:
  • 4 portas:
  • ar-condicionado:
  • 5 lugares.

Apesar disso, existem alguns tipos de veículos que não são permitidos, viu? Olha só:

  • vans;
  • caminhões;
  • minivans;
  • plotados;
  • carros com emplacamento vermelho;
  • carros adesivados;
  • recuperados;
  • sinistrados;
  • com alterações na suspensão ou nos freios.

Uber Comfort

Assim como o nome sugere, o Uber Comfort é focado no conforto do passageiro. Então, requer carros mais amplos e equipados, para que o passageiro possa escolher a temperatura do ar-condicionado, por exemplo, ou o nível de interação com o driver.

Além dos requisitos pro motorista — avaliação superior a 4.80 e um número mínimo de viagens no Uber X —, também é necessário prestar atenção nas características dos carros aceitos na categoria:

  • com até cinco anos de fabricação;
  • com até sete anos de fabricação;
  • com até oito anos de fabricação.

O que muda? Dependendo da cidade e do ano de fabricação, existe uma lista específica e ainda mais restrita de modelos aceitos. Neste caso, é superimportante verificar quais são eles no site oficial do app.

Uber Black

Esta é uma categoria “exclusiva”, com carros mais luxuosos. Não é à toa que ele é restrito a algumas cidades e não está disponível para todas as regiões atendidas pela Uber. Por isso, vale conferir se o seu município está entre os listados.

Para circular no Uber Black, o carro precisa ter as seguintes características:

  • fabricação a partir de 2015;
  • 4 portas e 5 lugares;
  • ar-condicionado;
  • bancos de couro.

Duas informações muito relevantes são:

  1. apenas carros sedan ou SUV são aceitos;
  2. apenas algumas cores são permitidas: preto, chumbo, prata, cinza, azul-marinho, marrom ou branco.

Como faço para ser Uber sem ter um carro elegível?

Depois de tudo isso, você pode perguntar: “Entendi tudo, mas e se eu não tiver um carro que atenda às restrições?”. Temos boas notícias: é possível optar pelo aluguel de carros para aplicativos!

Com as regras que envolvem os modelos e as características que os carros precisam ter, esta modalidade tem conquistado cada vez mais espaço entre os drivers. 

Isso porque, com Zarp, é possível sair com um carro 0 km, sem precisar se preocupar com financiamento, emplacamento, IPVA, seguro, revisão e manutenção.

Ah, além de tudo isso, você conta com atendimento personalizado 24h, todos os dias da semana, em caso de emergências, para nunca ficar na mão, né? Ainda tem vários benefícios com empresas parceiras, e podemos adiantar que é um timaço!

Veja todos os planos para aluguel de carros para aplicativos e escolha aquele que melhor atende às suas necessidades e pode te ajudar em todas as viagens. Vem de Zarp e assuma a direção!

Funções do app Zarp que vão deixar sua vida mais fácil

Ser Zarper é só vantagem: além do melhor preço, diversos benefícios e atendimento personalizado, a gente também tem um app que resolve sua vida em um minuto! Se liga no que você pode fazer por meio do nosso aplicativo.

1.  Acessar seu CRLV digital

O Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) é um documento importante pra qualquer motorista, e dirigir sem ele é uma infração de trânsito que pode gerar multa e apreensão do veículo.

Por sorte, já é aceita a versão digital desse certificado. E, com o app Zarp, você tem acesso a ela na palma da sua mão!

Veja o passo a passo para acessar o CRLV digital:

  1. Abra o app e clique na aba “Carro”, na barra inferior.
  1. Clique em CRLV Digital e aguarde o download finalizar.
  1. O documento vai abrir automaticamente.

2.  Tirar a 2ª via do boleto e o extrato da semana

A 2a via do seu boleto também está disponível pra ser retirada por meio do nosso app. E fazer isso é fácil!

Confira como funciona:

  1. Abra o app e vá pra aba “Pagamento”.

  1. Agora é só clicar na cobrança pra acessar o extrato e baixar ou copiar o número do boleto.

3.  Consulta de infrações de trânsito

Pra consultar detalhes de uma infração de trânsito, você deve seguir os seguintes passos:

  1. Abra o app e vá pra aba “Pagamento”.
  1. Você vai poder conferir as multas ao clicar nos cards de “Pagamentos atrasados” ou “Boletos a vencer”.
  1. Toque na que você deseja ver pra ter acesso à data de ocorrência, ao motivo da multa e pra baixar a autuação e o boleto ou copiar o código de barras.

4. Consulta de débitos

Pra consultar se seus pagamentos estão em dia, você deve seguir o seguinte processo:

  1. Abra o app e vá pra aba “Pagamento”.
  1. Se você estiver com pendências, vão aparecer os cards de “Pagamentos atrasados” ou “Boletos a vencer”
  1. Escolha o card da cobrança que você deseja visualizar. Você vai poder ver os pagamentos pendentes em uma lista. Caso você tenha negociado a sua dívida, será possível acessar o seu plano de pagamento.
  1. Se você não tiver cobranças em aberto, você verá esta tela:

E aí, conseguimos te ajudar?

Pra acessar todas as funcionalidades do app, baixe-o agora!

Baixar na Play Store Baixar na Apple Store

Motorista de app: como conseguir as melhores corridas?

Uma característica dos aplicativos de transporte é a liberdade que o motorista tem para fazer suas próprias escolhas sobre o horário em que vai trabalhar e os dias em que vai rodar na semana. Dependendo desses fatores, o app pode te render mais ou menos grana, certo?

E é por isso que a gente tá aqui pra te ajudar, motorista de app. Você sabe como conseguir as melhores corridas?

Pedimos ajuda pro nosso embaixador, Francisco (@uber_pensador), e ele deu várias dicas para deixar a sua corrida mais suave! Se liga!

Qual é o melhor horário pra fazer várias corridas?

Esse tema é polêmico. Tem motorista que jura de pé junto que é melhor rodas de manhã cedinho, outros preferem madrugar e outros acham que a tarde rende mais.

Na opinião do Francisco, o que importa é que o horário tenha maior demanda e menor trânsito. “De 5h às 9h e de 19h às 23h, de segunda a sexta e aos finais de semana. A madrugada também tem um apelo interessante por ter menos motoristas e nenhum trânsito”, defende.

Existe alguma posição estratégica para cada horário?

Cada cidade tem seu fluxo único de trânsito. Por isso, não existe regra. De acordo com Francisco, o importante é “entender o movimento natural da cidade. O maior fluxo pela manhã constuma ser dos bairros para o centro e, no fim do dia, o oposto”.

Fins de semana geram mais uo menos lucro?

Outro assunto que divide a opinião dos motoristas. A rota do fim de semana pode ser peça-chave pra você fazer aquela corrida render mais. O Uber Pensador afirma que, se esses dias forem bem trabalhados, “podem gerar o mesmo resultado ou superior do que a semana de segunda até quinta”.

É durante os fins de semana, principalmente em épocas de chuva, que as tarifas têm mais chanves de ficarem dinâmicas e renderem até duas vezes mais o valor de uma corrida normal.

Se você escolhe rodar durante a noite, é mais provável que consiga corridas de valores mais altos, principalmente de madrugada, quando os clientes estão saindo de shows, festas, restaurantes e bares.

Quando o valor da corrida começa a valer a pena?

Pro Francisco, é muito relativa a quilometragem que dá pra andar pra pegar passageiro. Depende da viagem e “se o app ofereceu ou não o valor da viagem, pagando o deslocamento até o passageiro”.

Por outro lado, quando a gente fala no valor qu eo app deve render para que a corrida gere lucros, ele conta que o ideal é tentar sempre se manter na faixa de dois reais por km rodado.

E pra fazer a grana render? Como faz?

Se liga na dica do Francisco pra esse assunto: “Sejam moderados em suas necessidades, assim poderão ficar mais tempo ao volante e aumentar o volume de ganhos. Uma das vantagens de trabalhar com aplicativos de transporte está em poder aumentar o volume de trabalho quando necessário para aumentar a receita. Mas, par aisso, é preciso disciplina e foco”.

E aí, curtiu essas dicas? 

Não se esqueça de seguir o Francisco no Instagram

Aqui no Blog Zarp, tem muito mais pra você! Fique de olho também nas nossas redes sociais, para se manter sempre bem informado sobre o universo do motorista de app! Estamos no FacebookInstagram e YouTube

Como ser um motorista de app?

São inúmeras as pessoas que querem saber como ser um motorista de app

Quais documentos são necessários? Quais tipos de requisitos é preciso ter ou preencher? O que as empresas avaliam para aprovar ou não um cadastro? Ou até mesmo quanto ganha um motorista de Uber?

Essas são apenas algumas das dúvidas mais comuns. Por isso, fizemos este passo a passo de como ser um motorista de app. Bateu a curiosidade? Então, continue com a gente!

Requisitos para ser motorista de aplicativo

Segundo as regras da Uber, por exemplo, um dos requisitos para ser aprovado como motorista é ter 21 anos ou mais. Existe um filtro rigoroso e que exige diversos documentos, para garantir a segurança de condutores e passageiros.

É preciso enviar:

  • carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • foto de perfil;
  • comprovante de residência;
  • CRLV;
  • documentos específicos da sua cidade.

Vale ressaltar que as categorias da CNH aceitas são AB, AC, AD, AE, B, C, D e E e, em todos os casos, é obrigatório constar a observação “Exerce atividade remunerada — EAR”. 

Todas as informações desse documento são utilizadas na Verificação de Segurança, o que vai levar à aprovação ou não do cadastro. Depois dessa primeira aprovação, é preciso enviar o CRLV (licenciamento anual).

Além de fazer uma avaliação rígida das pessoas que pretendem ser motoristas, a Uber também tem uma lista de veículos considerados elegíveis, ou seja, os modelos que podem circular e prestar serviço em nome da empresa. 

Caso você não tenha um carro, ou o seu não faça parte da lista, é possível investir no aluguel de carros para aplicativos.

A Uber tem parceria para você sair com seu 0 km Zarp. Nossa frota preenche todos os requisitos dos modelos para Uber X, Uber Comfort e Uber Black, garantindo muito mais facilidade na hora de escolher o veículo.

Os planos para aluguel de carros para aplicativos são semanais, de acordo com o Grupo de Veículos e o Pacote de Quilometragem escolhidos, e você pode pagar diretamente com os Ganhos Uber, o que proporciona maior controle financeiro. 

Além disso, existem outras vantagens inclusas no valor, como seguro para motorista de app, manutenção, revisão, assistência 24h e muito mais.

Não há dúvidas de que vale a pena alugar carro para Uber!

MEI: motorista de aplicativo pode ter CNPJ?

Você sabia que motorista de app pode ser MEI (Microempreendedor Individual)? Essa é uma conquista para muitos que prestam esse serviço e querem que isso seja feito de maneira regulamentada perante a lei.

A partir do momento em que o condutor se torna MEI, ele também assume obrigações:

  • pagar a DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) em dia;
  • entregar anualmente a DASN-SIMEI (Declaração Anual Simplificada);
  • manter o controle mensal do faturamento;
  • emitir notas fiscais para pessoas jurídicas;
  • guardar as notas fiscais de compra e venda.

Em contrapartida, os direitos garantidos são:

  • auxílio-maternidade;
  • afastamento remunerado por problemas de saúde;
  • aposentadoria;
  • simples Nacional: isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL);
  • com CNPJ, pode abrir conta em banco e tem acesso a crédito com juros mais baratos;
  • cobertura da Previdência Social para você e sua família.

E aí, entendeu como ser um motorista de Uber, os requisitos e as possibilidades? Vrum… Dê partida e vamos juntos!

Confira também: 

Quero alugar um carro

7 dicas de como evitar multas e infrações de trânsito

Quem circula muito está sujeito a deslizes que podem ser infrações de trânsito, principalmente se o motorista se descuidar de alguns deveres. As normas de trânsito são indispensáveis pra garantir a segurança de todos: motoristas, passageiros e pedestres. Por isso, o melhor a fazer é conhecer essas regras e, é claro, rodar seguindo o que elas dizem. 

Pra te ajudar nessa missão, trouxemos 7 dicas de como evitar multas e infrações de trânsito. Assim, você fica dentro da lei e ainda segue com mais segurança pelas suas rotas. Saca só! 

1. Atualizar sua CNH é importante 

Quem trabalha como motorista de aplicativo tem que ter ainda mais atenção às leis de trânsito. Uma delas é ter, na carteira de motorista, a inclusão da EAR (Exerce Atividade Remunerada). Então, se você precisa do seu carro pra fazer aquela graninha, fique atento a esse detalhe.  

A falta de atualização do documento pode te trazer penalidades. A infração é considerada leve, mas pode te custar 3 pontos na CNH. Então não esqueça! Pra alugar algum carro com Zarp, é obrigatório ter essa inclusão em dia.   

2. Cuidado com o uso do telefone 

Você já imaginou trabalhar como motorista de aplicativo, mas sem o celular? Impossível, já que você precisa dele pra receber suas corridas e ficar de olho no GPS, certo?

Mas alguns motoristas não percebem o tamanho dos problemas que o uso do celular, enquanto dirigem, pode trazer. O uso do celular no volante é de 7 pontos anotados na sua carteira.

Na hora de fazer ligações, escrever mensagens e até mesmo acessar as redes sociais, é melhor parar o carro em algum lugar seguro. Assim, você evita distrações com o celular no trânsito e não causa acidentes.

3. Não esqueça o cinto de segurança

O uso do cinto de segurança é obrigatório, segundo a Lei nº 9.503 (Código de Trânsito Brasileiro – CTB). Se motorista ou passageiro não estiver usando cinto de segurança, você pode receber 5 pontinhos na CNH.

Já que o foco é manter todos que estão dentro do carro em segurança, nada de ter vergonha na hora de pedir aos seus passageiros que se protejam. No fim das contas, seu bolso também vai te agradecer.

4. Dirigir de chinelo? Nem pensar! 

A gente sabe que em alguns dias – principalmente durante o verão – é horrível pensar em colocar calça e sapato fechado pra rodar. Mas o que muita gente ainda tem dúvida é: vale dirigir de chinelo pra fugir desse calorzão? A resposta com certeza é NÃO.

Assim como outros sapatos que não se prendem aos pés, o chinelo pode atrapalhar na hora de frear ou fazer alguma troca brusca de marchas. Então, para evitar dor de cabeça com multas e acidentes, aposte em sapatos fechados.

5. Pode usar e abusar da seta 

Se esquecer de dar a seta pode te trazer um problemão. Imagine se cada um dirigisse da própria forma, seguindo o próprio jeito? Seria um caos total, não é mesmo?

E, já que essa é a melhor forma de mostrar suas intenções no trânsito pros outros motoristas, pode usar e abusar das setas.

Por isso, lembre-se: para sinalizar ultrapassagens, conversões, retornos e mudança de faixa, tem que ser a seta.

6. Atenção especial com os pneus, hein 

Você tem o costume de dar uma atenção maior aos pneus do seu carro? Fique de olho, porque, mais que trazer problemas com a fiscalização de trânsito, penus velhos podem colocar a sua vida em perigo.

Segundo o CTB, a infração pode ser cobrada por cada pneu que apresentar mau estado – e isso também vale pro estepe.

Com as revisões do carro em dia, você vai conseguir ficar ligado nas condições desses itens fundamentais. Então, aos primeiros sinais de que os pneus estão fincando carecas ou apresentando qualquer problema, é só correr para uma agência Zarp ou Localiza e solicitar o seu atendimento.

7. Os seus documentos têm que estar sempre à mão

Você é do time dos esquecidos e vive perdendo seus documentos por ai? Então olha que notícia boa: o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) agora é 100% digital.

E o melhor de tudo é que ele pode ser apresentado mesmo se você não estiver com internet no momento. Agora, você pdoe levar sua documentação pra todo lugar de um jeito fácil e prático. Só não vai se esquecer de carregar o celular, viu?

A gente sabe que uma rota sem imprevistos é quase impossível na vida de um motorista de aplicativo. Mas sempre existem formas de se proteger, não é?

Seguindo as dicas que apresentamos aqui, você consegue rodar com mais segurança pelo trânsito e ainda evitar gastos surpresas no fim do mês. Não deixei de ficar de olho no site do Detran do seu estado, para ficar por dentro de tudo.

E ai, curtiu as dicas? Corra para seguir Zarp nas redes sociais. Assim você não perde nada do que acontece no dia a dia do motorista de aplicativo. Estamos no no FacebookInstagram e YouTube.

10 cuidados ao dirigir na chuva

Com o período de chuvas se aproximando, dirigir pode ficar um pouco mais perigoso se não tomarmos as precauções necessárias. Quem é motorista de app, que precisa estar dentro do carro constantemente, tem que ter o dobro de atenção, pela sua segurança e pela do passageiro.

Uma boa ideia é ficar de olho nos aplicativos meteorológicos antes de começar a trampar. Além disso, existem alguns cuidados pra tomar ao dirigir na chuva. Confira os 10 que separamos pra você!

1. Tudo ok com os pneus?

Calibrar os pneus é sempre importante. Em época de chuva então, a atenção tem que ser dobrada. Se a pressão do seu pneu estiver abaixo da recomendada pelo fabricante, existe um risco alto de aquaplanagem.

Isso acontece porque, com os sulcos mais perto um do outro, eles perdem a capacidade de escoar a água que entra.

Por isso, cuidado!

2. E os faróis, já ligou?

Sabe quando a chuva tá forte e não dá pra ver nada direito? Em momentos assim, de pouca visibilidade, acender os faróis é a melhor opção pra te ajudar a enxergar melhor a via e os carros à sua frente, da mesma forma que eles também vão te ver com mais facilidade. 

Mas cuidado! Se o farol estiver alto, sua visibilidade pode ficar ainda mais comprometida. Isso acontece porque a luz do farol reflete diretamente nas gotas de chuva.

3. De olho nos arredores

Pra quem é motorista de app, a tendência é ficar mais tempo rodando do que parado. Ainda assim, é preciso ter atenção na hora de parar o veículo, seja pra um passageiro embarcar ou caso você tenha realmente que estacionar. 

O melhor é evitar ficar embaixo de árvores, principalmente aquelas que já estão meio tortas, com risco de cair. Se a chuva estiver muito forte, é importante também tomar cuidado com ruas muito inclinadas, em que a água desce muito forte.

4. Cuidado com o carro da frente

Em momentos de chuva forte, fique sempre de olho no carro da frente, mas sem se aproximar muito. A regra pra manter a segurança é ficar o dobro da distância que você já fica, em tempos secos, do veículo à frente. 

Esse pequeno exercício reduz muito o risco de colisão.

5. Tá de olho no GPS?

gps

Em períodos de chuva, é comum alagar algumas partes da cidade. Por isso, fique ligado no GPS a todo momento, principalmente se ele te avisa sobre trechos alagados. 

Se você cair em uma via com muita água e não tiver como voltar, a melhor solução é dirigir em velocidade baixa e utilizar a primeira marcha em rotação alta, pra que o carro tenha mais força e consiga superar a resistência da água sem afogar o motor.  

6. O vidro embaçou?

Em dias de muita chuva, em que andamos com as janelas fechadas, é normal o para-brisa ficar muito embaçado e dificultar a visão. 

Pra desembaçar, existem algumas opções, como ligar o ar-condicionado ou limpar com uma flanelinha. Com a tecnologia que temos, existem também produtos feitos especialmente pra não deixar que o vidro embace, como as flanelas químicas, que podem ser encontradas facilmente em qualquer loja de carros.

7. Atenção redobrada!

Sabe aquele momento em que começa a chover forte e os pedestres começam a correr pra evitar se molhar? É nessa hora que a sua atenção deve ser redobrada.

Quando a chuva começa, é comum ver pessoas tentando atravessar o tempo todo, inclusive fora da faixa e com o semáforo aberto.

8. Reduza a velocidade com cuidado

Pista molhada é pista escorregadia, certo? Correr com o carro em tempos de chuva pode causar acidentes gravíssimos.

Por isso, o ideal é evitar acelerar muito, mas, ainda mais importante, tomar muito cuidado na hora de frear, pra que isso aconteça aos poucos.

9. Manutenção preventiva salva vidas

É importante manter a manutenção preventiva do seu carro sempre em dia. Em período de chuvas então, é necessário triplicar a atenção nesse aspecto.

Fique de olho nos pneus, que não podem estar carecas; nos freios, pra garantir que as pastilhas não estejam desgastadas; e nos limpadores de para-brisa, pra que possam fazer um bom trabalho e não atrapalhem a sua visibilidade.

10. Cuide-se!

Sempre que estiver na rota e perceber que a chuva tá engrossando demais, é hora de se proteger. Se estiver com passageiro e for possível deixá-lo no destino, o ideal é, logo que ele desembarcar, buscar um lugar pra se abrigar. 

Se for possível, também é uma boa ideia voltar pra casa e esperar a chuva diminuir no conforto e na segurança do seu lar.

E aí, curtiu essas dicas?

A sua segurança vem sempre em primeiro lugar. Em períodos de muita chuva, o melhor a se fazer é agir de maneira preventiva, cuidando da sua vida e da do seu passageiro. 

Por isso, tenha muito cuidado na hora de dirigir na chuva.

Sempre que possível, aplique essas dicas! Elas vão te fazer correr menos riscos na hora do trampo.

E você, como faz pra se proteger e se cuidar quando cai aquele pé d’água?

Quer ficar por dentro de mais dicas interessantes? Siga a gente nas redes sociais: estamos no Facebook, Instagram e YouTube!

MEI para motorista de aplicativo: como atuar como autônomo?

Você sabia que é possível fazer MEI para motorista de aplicativo? Essa é uma maneira de formalizar uma atividade realizada por tantas pessoas no Brasil e no mundo. Ao se tornar um profissional autônomo, pela lei, o motorista passa a ter direitos e obrigações.

Neste conteúdo, vamos abordar os principais pontos para que você se informe sobre a possibilidade de abrir MEI para motorista de aplicativo. Continue com a gente!

Motorista pode ser MEI: entenda o que é ser Microempreendedor Individual

O MEI (Microempreendedor Individual) é quem desempenha atividades por conta própria, e, para legalizá-las, se cadastra como um pequeno empresário. 

Existe um limite de quanto um MEI pode faturar por ano — ao passar desse teto, a pessoa passa a ser Microempresa e paga outros impostos. Por isso, é preciso ficar atento.

O MEI é aberto pelo Portal do Empreendedor de forma simples. Não há custo algum para o motorista de aplicativo e a formalização é imediata. Se for necessário o fechamento do MEI, o processo também é bem fácil e rápido. 

Atualmente, todo o processo pode ser feito online, para facilitar o seu dia a dia e você poder seguir sempre no seu ritmo.

Vale lembrar que os Microempreendedores têm direito a benefícios previdenciários, licença maternidade, entre outros, e também precisam declarar Imposto de Renda. A aposentadoria por idade ou invalidez também é um direito do MEI.

Quais são os direitos e deveres do motorista MEI?

Pode parecer muito burocrático se tornar Microempreendedor Individual para ser motorista de aplicativo. 

Entretanto, é importante enfatizar que, assim como as demais atividades regulamentadas pelo MEI, você passa a ter direitos e deveres importantes. Abaixo, separamos uma lista com direitos e deveres do MEI.

Direitos do motorista MEI

  • Auxílio-maternidade.
  • Afastamento remunerado por problemas de saúde.
  • Aposentadoria.
  • Simples Nacional: isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL).
  • Com CNPJ, pode abrir conta em banco e tem acesso a crédito com juros mais baratos.
  • Pode ter endereço fixo para facilitar a conquista de novos clientes.
  • Cobertura da Previdência Social para você e sua família.
  • Apoio técnico do Sebrae.

Deveres do motorista MEI

  • Pagar a DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) todos os meses dentro do vencimento.
  • Entregar anualmente a DASN-SIMEI (Declaração Anual Simplificada).
  • Manter o controle mensal do faturamento.
  • Emitir notas fiscais para pessoas jurídicas.
  • Guardar as notas fiscais de compra e venda.
  • Realizar os recolhimentos obrigatórios, se tiver um funcionário.

MEI: motorista pode exercer suas atividades sem preocupação e com economia

Além do MEI para motorista de aplicativo, você quer mais facilidade para andar por aí com tranquilidade? Então, bora zarpar, porque, com o aluguel de carros para aplicativos, é possível aproveitar o melhor da Localiza, com planos que se encaixam perfeitamente na sua rotina.

Com Zarp, a revisão e a manutenção são realizadas sem custos adicionais, pois já estão inclusas no pacote, assim como o nosso suporte, que está disponível 24h para te atender onde quer que você esteja. Ficar na mão, nunca mais!

Se você está pensando “quero alugar um carro, mas depende da forma de pagamento”, aproveite a oportunidade de poder pagar diretamente dos ganhos da Uber — e com direito a descontos. 

Assim, você consegue separar suas economias e seus orçamentos pessoais e profissionais. Tudo pensado para garantir o melhor a você. Aproveite!

Quero alugar um carro

Como economizar combustível: ações simples para o motorista de app

Economizar combustível é um desejo de todo motorista de aplicativo! Para quem está na luta pra fazer a grana render, toda economia importa. Nós do time Zarp Localiza separamos ações simples na hora de dirigir que podem te ajudar a gastar menos combustível e fazer sobrar mais grana no fim do dia.

Quer ver? Vem com a gente!

Um grande vilão da economia de combustível é dirigir olhando para o capô, porque dessa forma você acaba pisando no freio mais que o necessário. Ao dirigir vendo mais à frente, o motorista pode evitar acidentes e perceber se um veículo em sua faixa parou ou se o semáforo acabou de abrir ou fechar. Isso lhe dará tempo para mudar de faixa ou controlar a velocidade, evitando precisar pisar fundo no freio.

É isso mesmo, direção defensiva também é economia.

A rota também importa! O GPS costuma indicar o caminho mais rápido para te levar ao seu destino, mas o trajeto pode não ser o mais econômico. Uma via com poucos semáforos, por exemplo, permite poupar mais combustível do que uma com muitos cruzamentos, ladeiras e paradas.

Sem falar no horário e nos locais de trânsito intenso: evitando pontos de engarrafamento você poupa tempo e o combustível que seria perdido no anda-e-para.

É isso aí. No final das contas, economizar combustível é uma questão de buscar o melhor desempenho do carro. Zarp tá contigo! Continue com a gente e veja mais dicas sobre como gastar menos e fazer mais grana rodando como motorista de aplicativo.

Motorista de app: você sabe por que o ar condicionado interfere no gasto de combustível?

Deixar os vidros abertos ou usar o ar-condicionado é uma escolha que envolve o clima, a necessidade de circulação do ar, a segurança, e… o consumo de combustível.

O compressor do ar-condicionado usa energia do motor para se movimentar.  Assim, para que o ar condicionado funcione, o motor precisa injetar mais combustível para suprir essa perda de potência. É por isso que na cidade ar-condicionado ligado significa maior gasto com abastecimento (e até uma leve piora de desempenho, em modelos menos potentes).

Uma dica para gastar menos é deixar o controle do ar em modo automático e selecionar uma temperatura que resfrie, mas não contraste muito com a temperatura externa. Isso pode reduzir a demanda do compressor do ar-condicionado, melhorando o consumo de combustível.

E pra você motorista que roda muito na estrada, o cenário muda: em velocidades maiores, a resistência do ar interfere na aerodinâmica do carro. Aí, o melhor é rodar com o ar-condicionado ligado do que com vidros abertos.

Ah! Você já sabe, mas não custa lembrar: ar-condicionado ligado e vidros ou portas abertas é desperdício de combustível na certa!

Sabe o que mais faz o motorista gastar mais com abastecimento do carro?

Confira outros pontos que impactam no consumo do carro:

Carregar peso desnecessário no porta-malas ou na cabine do carro é um deles. A lógica é simples: quanto mais pesado o veículo estiver, mais aceleração será necessária para colocá-lo em movimento. Por isso, evite deixar bagagem esquecida dentro do carro. E, se você roda como motorista de aplicativo, vai querer ter o bagageiro liberado e tudo limpo e organizado para receber bem os passageiros, certo?

Outro ponto: não dar atenção aos pneus. Rodar com pneus murchos pode aumentar de forma significativa o consumo de combustível. Por isso, fique atento à pressão correta recomendada pelo fabricante dos pneus e ao peso do carro, e mantenha a calibragem em dia.

Além disso, estar em dia com as revisões, trocar o óleo no período correto e sempre substituir os filtros de ar, óleo e combustível vão permitir que o motor trabalhe sempre na máxima performance prevista pela fábrica. O motorista que é cliente Zarp Localiza tem essa super facilidade: nosso aluguel de carros para aplicativos inclui as revisões periódicas sem custos adicionais, com suporte 24h e carro reserva.

É super prático: Zarp te lembra de fazer o agendamento das revisões para você rodar tranquilo.

E mais: os planos para aluguel de carros para aplicativos de Zarp têm em seus grupos modelos super econômicos – pensados para atender às necessidades do motorista de aplicativo.

Agora que você pegou essas dicas do que o motorista de aplicativo pode fazer para economizar combustível, já está pronto pra fazer sobrar mais grana?

Vem de Zarp!

Aluguel de carros para aplicativos: quanto custa?

O aluguel de carros para aplicativos é super vantajoso. Os motoristas de aplicativos conseguem ter qualidade de vida, tranquilidade, controle financeiro e um carro novo sempre à disposição, além de poder proporcionar uma ótima experiência aos passageiros.

Pra muitas pessoas, existe uma grande preocupação sobre o valor do aluguel de carros para aplicativos e o quanto isso pode comprometer os lucros. Queremos deixar muito mais claro e objetivo sobre todos os bônus que ele promove e, quando se coloca na ponta do lápis, a economia gerada.

Continue aqui que a gente te explica!

Aluguel de carros para Uber: preço vale a pena?

Vamos falar um pouco sobre as vantagens de se alugar um carro pra aplicativo, pra justificar por quais motivos o preço vale muito mais a pena. O primeiro ponto, e muito importante, é que, ao assinar o contrato de aluguel, os motoristas de aplicativos podem escolher o modelo que melhor atende às suas necessidades.

É importante ressaltar que, quando falamos de Zarp, não é mais preciso investir dinheiro na compra de um veículo nem gastar com emplacamento, documentação  e outras taxas.

Falando em economia, já pensou em não precisar mais pagar IPVA, seguro, manutenção e revisão? Pois é! Zarp tem tudo isso incluso nos contratos de aluguel, o que deixa os motoristas muito mais tranquilos ao andar por aí.

Pra fechar com chave de ouro, sabe por que mais vale a pena? É possível dividir o plano do aluguel com outro motorista, que também é parceiro Uber e Zarp, reduzindo o valor pago individualmente pra plataforma. Outro grande diferencial é que o pagamento do pacote pode ser feito diretamente dos Ganhos Uber.

Somando tudo isso — além de todas as outras vantagens que só Zarp Localiza tem — , com certeza o preço do aluguel de carros para aplicativos é muito mais completo, econômico e com um precinho mais do que especial.

Aluguel de carro para Uber: quais modelos posso ter?

Os apps têm algumas restrições e exigências, que podem variar entre uma empresa e outra, pra manter o conforto dos motoristas e dos passageiros. No geral, os carros precisam ser de fabricação recente, com ar-condicionado, quatro portas e capacidade para cinco pessoas. Qualquer modelo que fuja desse padrão já não é considerado apto.

Há, também, algumas modalidades de transporte de passageiros que focam viagens mais luxuosas, com estilo e espaço maior. Nesses casos, os carros devem ser estilo Sedan, na cor preta, e precisam ter bancos de couro e um amplo porta-malas.

Como é possível atender a esses requisitos? Você encontra diversos planos para aluguel de carros para aplicativos na Zarp Localiza. Assim, é possível sair de carro, sem os custos e o valor de uma compra, e montar um pacote totalmente personalizado.

São modelos de carros perfeitos pra rodar por aí e traçar sua própria rota. Não há dúvidas de que o aluguel de carros para aplicativos é a melhor escolha, não é mesmo? Então, bora Zarpar!

Vem ser Zarp