Em destaque

Como alugar carro para Uber?

O aluguel de carros para aplicativos garante muito mais facilidade, economia e segurança, e isso muita gente sabe. O que as pessoas, em geral, não sabem é como alugar carro para Uber. Quais são as informações necessárias e os documentos? Será que qualquer um pode ser motorista aprovado?

Segue com a gente! Nós explicamos direitinho como alugar carro para Uber pra você aproveitar todas as vantagens.

Passo a passo de como alugar carros para Uber

O aluguel de carros para aplicativos é bem simples de ser feito, e com Zarp esse processo fica ainda mais fácil! Veja o passo a passo abaixo:

  1. Faça seu cadastro Localiza Zarp, com informações básicas de documentos e contato.
  2. Clique em “Quero alugar um carro!”, localizado em nosso site.
  3. Após selecionar o estado em que você reside, indique em qual agência pretende fazer a retirada do carro novo, bem como a data e hora.
  4. Escolha o grupo de carros que melhor atende às suas necessidades, entre os modelos hatch (compacto e econômico) e sedan (mais espaço e tecnologia).
  5. Defina o plano de quilometragem, que é a estimativa de quanto você vai rodar semanalmente com seu carro novo.
  6. Escolha a forma de pagamento, que pode ser com cartão de crédito e descontado direto nos Ganhos Uber.

Pronto! Depois de completar com mais algumas informações, é só aguardar a confirmação do contrato.

Não se esqueça! Antes de começar todo o processo de escolha dos planos para aluguel de carros para aplicativos, é necessário preencher os seguintes requisitos:

  • Ser habilitado há dois anos​ (no mínimo).
  • Ser maior de 21 anos​.
  • Possuir cartão de crédito próprio ou de terceiros​.
  • Ser motorista aprovado na Uber.

Como alugar um carro para Uber antes de ser aprovado no aplicativo?

Como já adiantamos, é obrigatório ser um motorista aprovado na Uber para alugar um carro e Zarpar. Existem algumas exigências do aplicativo, pra que o cadastro seja considerado apto. Vale lembrar que cada app tem suas próprias diretrizes em relação a esse assunto, por isso é importante verificar todos eles.

A Uber, por exemplo, só aceita pessoas com mais de 21 anos. Além de pedir para que seja realizado um teste psicológico, ela também exige documentos como Carteira Nacional de Habilitação com a observação EAR (Exerce Atividade Remunerada), Atestado de Antecedentes, da Secretaria Estadual, e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

Há uma lista de modelos de carros e o que eles precisam ter pra conseguirem representar a Uber nas ruas. Ah, ele tem que ter seguro contratado, tá bom? Por isso, o aluguel de carros é uma alternativa perfeita pra quem não quer se preocupar com todos esses detalhes. Mais do que modelos novos, é um conjunto de vantagens pensadas no motorista de app.

Viu como alugar carro para Uber é simples e prático? Mas se você ainda tiver alguma dúvida, não se preocupe, pois sempre tem algum especialista do time Zarp pra te ajudar. Vamos juntos!

Quero alugar um carro

Em destaque

Motorista de aplicativo: tudo o que você precisa saber

O motorista de aplicativo já faz parte da vida das pessoas. Não tem mais como rodar pelas ruas das cidades brasileiras sem nos depararmos com histórias incríveis, experiências de vida e muitas conversas, desde as mais simples até as mais filosóficas, que melhoram o dia dos passageiros.

É o motorista de aplicativo que nos leva pra aula, pro trabalho, pra casa de amigos, familiares e outras pessoas que amamos. Ele também está presente no caminho de uma prova, de uma entrevista de emprego e tantos outros destinos que são decisivos em nossas vidas.

Por ser uma função de grande responsabilidade – e importância -, resolvemos descomplicar e falar tudo o que você precisa saber sobre o que é necessário para realizar o transporte de passageiros. Continue com a gente!

Motorista de app: como escolher o melhor carro?

Para ser motorista de app é preciso ter um carro que atenda a alguns requisitos básicos, que podem variar de acordo com a empresa. Essas regras, em geral, são para garantir a qualidade do serviço prestado e oferecer uma verdadeira experiência pro passageiro.

Antes de tudo, é preciso garantir que o carro esteja em bom estado, visualmente conservado, tenha quatro portas e seja de um ano mais recente. Além disso, ele também precisa comportar, no mínimo, quatro passageiros e ter ar-condicionado.

Há alguns tipos de corridas que são com veículos específicos, como SUV e Sedan. Pra estar apto a fazer parte dessas modalidades, também é imprescindível que os bancos sejam de couro e o carro seja da cor preta. Mais do que conforto, são pra passageiros que buscam estilo ao circular pelas ruas.

Para quem não pode, ou não quer, custear um modelo novo, existe a possibilidade do aluguel de carros para aplicativos. É uma alternativa econômica e que promove muito mais flexibilidade, já que há diversos planos para aluguel de carros para aplicativos – pensados para atender às necessidades do motorista de aplicativo.

Como ser motorista de aplicativo?

Cada aplicativo tem suas próprias diretrizes e metodologias para avaliar e, também, treinar as pessoas que se interessam em ingressar como motoristas. Vamos explicar algumas exigências mais comuns em relação aos carros e documentos que você pode precisar.

Primeiro de tudo, é necessário ter mais de 21 anos e possuir Carteira Nacional de Habilitação com a observação EAR (Exerce Atividade Remunerada). Alguns apps podem exigir documentação extra, como Atestado de Antecedentes, da Secretaria Estadual, e Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV).

Empresas como a Uber exigem que você passe por um teste psicológico. Além disso, é necessário comprovar que não há processos judiciais abertos em seu nome e que seu veículo possui um seguro contratado. É imprescindível ter um smartphone, para que o aplicativo seja compatível, e um dos carros listados no site da empresa.

O atendimento ao cliente é uma das prioridades, até porque ele quem vai fazer as avaliações – e reclamações. Por isso, algumas empresas exigem que os motoristas de aplicativo ofereçam água, bala, energéticos e outros itens.

Agora que você entendeu tudo o que o motorista de aplicativo precisa para continuar dando o ritmo, já está pronto pra Zarpar?

Vem ser Zarp
Em destaque

Vale a pena alugar carro para Uber?

O aluguel de carros para aplicativos se tornou uma modalidade muito conhecida e está conquistando cada vez mais pessoas. Entretanto, ainda restam muitas dúvidas em relação aos preços e se é mais vantajoso do que realizar a compra de um carro novo. Afinal, vale a pena alugar carro para Uber?

Neste conteúdo, nós vamos responder isso pra você. Vamos descomplicar essas questões e explicar quais são as vantagens e desvantagens da compra de um carro em relação ao aluguel de carros.

Vem de Zarp pra saber se realmente vale a pena alugar carro para Uber

Pelo preço, compensa alugar carros para Uber ou comprar?

Quando falamos sobre preço, normalmente, associamos única e exclusivamente ao valor do carro. Ou seja, o comparativo é feito em relação apenas ao preço que o modelo custa lá na concessionária, não é mesmo?

Não quer dizer que isso esteja errado, pelo contrário, está certo — em partes. Além disso, também é preciso colocar na ponta do lápis os gastos que esse veículo vai gerar no seu bolso depois do ato da compra.

Isso porque, mensalmente e anualmente, existem impostos, taxas, manutenções e outros serviços necessários para manter o veículo regular, perante a lei, e bem conservado. É uma questão de segurança!

Pra ficar mais claro, vamos listar alguns — dos muitos — custos que envolvem comprar e manter um carro:

  • Seguro do carro
  • IPVA
  • Licenciamento
  • Parcela do financiamento, normalmente com juros
  • Combustível (o consumo e o valor gasto por semana ou mês)
  • Manutenção e revisão (troca de peças e mão de obra)

Somando tudo isso, o resultado é: você acabou de adquirir uma grande despesa recorrente. É importante reforçar que, nessa conta, não adicionamos todas as despesas recorrentes nem colocamos os custos pagos somente no momento da compra, como é o caso do emplacamento do carro.

Dá pra ter uma noção de quanto sai anualmente, não é mesmo? Por isso, vale a pena alugar carro para Uber. Existem diversos planos para aluguel de carros para aplicativos disponíveis, pra que você monte o seu totalmente personalizado, gastando pouco e pagando de acordo com a sua rotina.

Localiza Zarp, onde alugar carro para Uber vale a pena!

Você ainda não se convenceu de que realmente vale a pena alugar carro para Uber? A gente está aqui pra descomplicar! Vamos falar sobre todas as vantagens que oferecemos pra quem decidir Zarpar com a gente. É melhor pra você, pro veículo se manter conservado por muito mais tempo e pro passageiro.

Com Zarp, o primeiro ponto positivo é que você não precisa se comprometer com uma dívida de longo prazo, como na compra do carro. Da mesma forma que você deixa de custear o emplacamento, pagar pelo IPVA e licenciamento.

Ah, você nunca mais vai se preocupar com as despesas do seguro, da manutenção e da revisão. Não sabia? Está tudo incluso no aluguel do carro!

Pra você rodar tranquilo pelas ruas da cidade, oferecemos assistência 24h, em casos de emergência. Sem burocracias e com atendimento personalizado. Se for preciso, um carro reserva será disponibilizado, pra você continuar ditando o ritmo da sua rotina.

É tudo online e você resolve com poucos cliques! Pelo site exclusivo, é possível acessar todas as informações do seu plano e as faturas online, além de fazer o agendamento da manutenção. O histórico completo fica na palma da sua mão, pra você consultar de onde estiver.

Os planos são pós-pagos, com renovação semanal, e os pagamentos podem ser feitos diretamente com os Ganhos Uber. Dessa maneira, você tem um controle financeiro maior e os custos não interferem no seu orçamento pessoal.

Ah, sabia que você pode dividir o seu carro alugado com outra pessoa? Se ela também for parceira Uber e tiver cadastro Localiza Zarp, basta incluí-la como condutor adicional. Superfácil, hein?

Agora você já sabe que vale a pena alugar carro para Uber e, de quebra, conheceu um pouco mais sobre Localiza Zarp. E aí, vamos juntos?

Vem ser Zarp

Como cuidar do seu carro no frio

Esfriou por aí, parceiro? Você tá ligado que no inverno é importante ter alguns cuidados específicos com o seu carro pra não entrar, literalmente, numa fria, né?

As baixas temperaturas podem provocar problemas mecânicos que acabam prejudicando os seus ganhos e a sua rotina como motorista de app.

Então, pra te ajudar a cuidar do seu carro no frio e não ter dor de cabeça pela rota, listamos os problemas mais comuns e dicas pra evitá-los. Bora lá?

Falhas na partida

Seu carro não ligou? Esse é um dos problemas que podem acontecer no frio, principalmente pela manhã e com os carros flex. Mas é muito simples de ser evitado, se liga!

O que faz o carro pegar é o vapor do combustível. Mas, quando ele é abastecido apenas com etanol, é muito difícil ele produzir vapor suficiente pra dar partida. Pra evitar esse problema, você pode colocar um pouco de gasolina no tanque com o etanol, fechado?

Outra dica é ficar de olho no famoso tanquinho. Ele é sempre abastecido com gasolina e dá o suporte no sistema de partida a frio.

Ah, e fica tranquilo, que a gasolina dura bastante. O importante é só não deixar que ela fique velha, trocando, nem deixar que ela acabe, pra não rachar o tanquinho.

Bateria arriada

A bateria é que fornece energia pro carro a partir de uma reação química. Mas as temperaturas baixas dificultam ainda mais a realização dessa reação.

Além disso, outros componentes do carro que não funcionam normalmente no frio, como a circulação do óleo lubrificante e a vaporização do combustível, exigem ainda mais dessa energia da bateria pro carro funcionar. E aí já viu, né?

Se a bateria já estiver velha ou não estiver funcionando corretamente, ela vai arriar. Então fique de olho sempre nas manutenções preventivas do carro pra evitar esse problema.

E mais: evite dar partida no carro com o ar-condicionado, faróis ou rádio ligados, pra não a sobrecarregar, beleza?

Ar-condicionado com problema

O frio chega, e a gente não precisa nem ligar mais o ar-condicionado, certo? Errado!

Ele tem peças e componentes que precisam sempre de lubrificação, e é só durante o seu funcionamento que isso acontece.

Quando ele fica parado por muito tempo, essas peças podem estragar ou até mesmo aumentar a proliferação de bactérias.

Por isso, pra preservar o ar-condicionado do seu carro no frio, ligue-o pelo menos algumas vezes na semana, por alguns minutos. E não se esqueça de levar o carro no tempo certo para as manutenções preventivas, fechado?

Agora que você já conhece os possíveis problemas e sabe como cuidar do seu carro no frio, pode seguir por uma rota tranquila! Ah, só não se esqueça de se agasalhar bem, hein?

Fique de olho também nas nossas redes sociais, pra se manter sempre bem informado sobre o universo do motorista de app! Estamos no Facebook, no  Instagram e no YouTube.

Maio Amarelo: um guia pra evitar distrações e mandar bem no trânsito

Você já parou pra pensar que ler aquela notificação no celular ou até mesmo trocar uma música pode te distrair na hora de rodar? Se liga, que essas práticas podem te prejudicar.

Aproveitando que estamos no mês de conscientização da campanha Maio Amarelo, o recado da vez é: se você tá na direção, não caia na distração. Pra te ajudar a focar no caminho, criamos um guia com dicas especiais. Saca só:

4 dicas pra não se distrair pela rota

1.  Tenha atenção ao uso do celular

Mexer no celular no trânsito é uma baita de uma distração pro motorista e a mais comum hoje em dia. Um estudo feito nos Estados Unidos indica que o uso de dispositivos móveis ao volante aumenta em até 400% o risco de acidente. Impressionante, né?

Então, precisou mandar aquela mensagem ou fazer uma ligação, pare em um local seguro, tá bem? Outra dica boa é desabilitar as notificações dos aplicativos, principalmente das redes sociais, que são mestres em desviar a atenção. 

O uso do celular na direção é uma infração gravíssima, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro. Se você for flagrado, é multa de R$ 243,47, além de sete pontos na CNH.

Então, parceiro, além de ser um risco, usar o celular também pode prejudicar a sua meta: você gasta mais com multas e pode até ter sua carteira suspensa pela pontuação.

2. Use o GPS de forma correta

A gente sabe que o GPS é fundamental na vida do motorista de app, né não? Principalmente quando não conhece bem o caminho pelo qual tá indo.

Só que configurar o GPS durante a condução pode tirar a atenção do motorista de outros pontos que devem ser observados. 

Então configure antes de dar a partida e aproveite as paradas. Ah, e mais uma coisa, sempre use o áudio do GPS pra você não precisar olhar pra tela, viu? 

3. Evite mexer nos acessórios do carro

Você sabia que ajustar o som do carro durante a condução faz você se distrair por 1,5 segundo? E, se estiver a uma velocidade de 60 km/h, você percorre 25 metros de distância? 

Pois é, pode até aparecer que mudar a estação do rádio ou trocar o pen-drive não tem problema, mas é tempo suficiente pra se envolver em alguma situação perigosa no trânsito. Saca só: se precisar mexer no rádio, mexa quando estiver parado. 

Isso também vale pros ajustes no banco, no ar-condicionado e nos retrovisores. Sabe aquela mania de procurar objetos no porta-luvas? Também é melhor deixar de lado e procurar na próxima parada, hein? 

4. Tenha cuidado ao conversar com o passageiro 

Trocar ideia com o passageiro é uma das coisas que os motoristas de aplicativo mais gostam no dia a dia, não é? Afinal de contas, é sempre bom tirar um momento pra conhecer novas pessoas. 

A dica é: pra não cair na distração, evite ficar olhando pro passageiro no banco de trás e fale mais calmamente, pra você não dispersar.

Dica bônus: seu descanso tá em dia? 

Passar longas horas no trânsito é o dia a dia dos motoristas de app. Como dirigir exige muitos esforços mentais e do corpo, descansar é essencial pra manter a atenção e o foco no dia a dia. 

Fica ligado: ter cuidados na hora de rodar é primordial em todo momento, não apenas durante o Maio Amarelo, viu? 

Quer ficar sempre bem informado sobre o universo do motorista de app? Então bora acompanhar a gente. Fique de olho também nas nossas redes sociais, pra se manter sempre bem informado! Estamos no Facebook, no  Instagram e no YouTube.

Tá ligado na importância do cinto de segurança? Saiba tudo sobre o seu uso


Você já sabe que o uso do cinto de segurança é essencial na hora de rodar por app pra proteger você e o passageiro, não é? Afinal, segurança vem sempre em primeiro lugar!

De acordo com o Instituto de Segurança no Trânsito, o uso do acessório reduz em quase 50% o risco de morte, entre outros danos a sua saúde em casos de acidente.

Mas nem todos se lembram do item na hora de entrar no carro, colocando as suas vidas em risco, além de poder prejudicar os seus ganhos como motorista de app.

Então, bora entender mais sobre a importância do cinto de segurança e saber como usá-lo corretamente?

Quais são as penalidades por não usar o cinto de segurança?

Segundo a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 20,6% da população declarou não usar cinto de segurança sempre que anda de carro.

O uso do cinto de segurança pra condutor e passageiros nas vias do território nacional é obrigatório desde setembro de 1997, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro.

O art. 167 considera que dirigir sem o item é uma infração grave, levando à aplicação de multa com valor de R$ 195,23, além de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Então, parceiro, já deu pra ver que, além de ser um risco à vida de todos, não usar o cinto de segurança pode também atrapalhar a sua jornada como motorista de app: você gasta mais com multas e pode até ter sua carteira suspensa pela pontuação.

Os passageiros também devem usar o cinto de segurança?

O uso do item é obrigatório pra todos os ocupantes do carro, inclusive no banco traseiro. Porém é mais do que comum ver os passageiros no banco de trás sem o cinto de segurança, não é?

De acordo com o Ministério da Saúde, mais da metade das pessoas não usam o cinto quando estão no banco traseiro, tendo a falsa impressão de que estão mais protegidos nessa parte do carro.

O fato é que, quando uma pessoa se envolve em uma batida, ela recebe uma força tão grande que não há banco que possa pará-la. E é aí que o cinto de segurança chega pra protegê-la.

Por isso, motorista de app, nada de ter receio ou vergonha na hora de pedir aos seus passageiros que se protejam, viu? E se recusarem o uso, tente explicar da melhor forma a importância do cinto de segurança.

4 dicas pra usar o cinto de segurança corretamente

1. Saiba como colocar

A parte de baixo do cinto sempre deve ficar acima da coxa e nunca no abdômen. O ideal é que fique apoiado sobre o ombro e centralizado no corpo.

2. Não use acessórios extras

Jamais utilize qualquer artifício pra aumentar a folga no cinto, como presilhas ou pregadores. A prática compromete a eficácia da proteção, viu?

3. Entenda o uso para grávidas

Grávidas devem usar o cinto independentemente do tempo de gestação. Saca só: o cuidado deve ser maior com a parte de baixo do cinto, que deve ficar acima da coxa, e não no abdômen.

4. Faça a manutenção

Você já parou pra pensar que os cintos também precisam de manutenção? Eles podem apresentar alguns problemas, como desgaste no tecido da correia, problemas no fecho de trava e destrava ou até mesmo danos na mola de retração, deixando o cinto frouxo.

Então fique ligado pra fazer as manutenções no tempo certo!

Ah, e mais uma dica importante: se o seu carro sofrer alguma colisão, veja se tá tudo certo com o item e se ele não sofreu nenhum dano, tá bem?

Agora que você sabe tudo sobre a importância do uso do cinto de segurança, bora rodar por aí sempre protegido e fazer a diferença no trânsito?

Fique de olho também nas nossas redes sociais, pra se manter sempre bem informado! Estamos no Facebook, no  Instagram e no YouTube.

5 dicas práticas de como economizar dados móveis para motoristas de app

Você talvez já tenha passado pela situação de estar lá, rodando e indo atrás da sua meta, quando de repente recebe uma mensagem da operadora dizendo: “sua internet acabou”. Aí você já precisa desembolar pra seguir com a rota, não é mesmo?

Hoje em dia, temos acesso a muitos aplicativos e a conteúdo de vários tipos. E todos esses recursos dos smartphones podem fazer com que os dados móveis acabem mais rapidamente, caso não sejam usados de forma correta. Fica a dica!

Pra driblar essa situação e fazer a sua internet durar mais, listamos 5 dicas de como economizar dados móveis no dia a dia. Bora lá?

1. Não deixe aplicativos rodando em segundo plano

Deixar aplicativos abertos em segundo plano em vez de fechá-los também pode consumir os dados móveis. Então, parou de usar? Já fecha, pra não correr o risco. Mas atenção: ficar abrindo e fechando os apps muitas vezes aumenta o gasto de bateria.

Aliás, você sabia que alguns aplicativos gastam muito mais internet? Pois é, esse é o caso de apps que carregam uma grande quantidade de imagens e vídeos. Fique atento também aos jogos online, eles podem estar consumindo ainda mais o seu pacote de dados, viu?

2. Desative o download automático

Aqui vai uma dica de milhões! Quando estiver por aí rodando por app, desative a opção de “download automático” do WhatsApp ou de outros aplicativos de mensagem, beleza? Assim as imagens, vídeos e áudios não serão baixados sozinhos. Esse simples cuidado faz uma superdiferença pra poupar seus dados móveis.

Ah, e a gente sabe que mandar aquele áudio é mais prático do que mandar mensagens escritas, né. Então a dica é usar com moderação e quando necessário. O mesmo vale para aquela imagem ou vídeo que você quer compartilhar!

3. Baixe e atualize apps só no Wi-Fi

Não baixe e nem atualize os aplicativos usando os dados móveis. Além de gastar e muito o seu pacote de dados, pode demorar mais tempo pra concluir e ainda não atender a sua necessidade.

Mas como toda regra tem sua exceção, se for realmente necessário, feche todos os outros aplicativos pra que a atualização ou download aconteça sem problemas, tá bem?

E como você já deve ter reparado, o Wi-Fi deve ser seu melhor e maior parceiro no objetivo de economizar dados móveis. Então, sempre que tiver disponível, opte pelo Wi-Fi pra navegar pela internet. Fechou?

4. Acompanhe o consumo dos dados móveis

Uma dica amiga de como economizar dados móveis é ficar por dentro do seu hábito de consumo. Saca só: além de não ser pego de surpresa caso os dados estejam acabando, você ainda pode se planejar melhor pro seu pacote render até o fim do mês.

Então bora acompanhar como tá o seu consumo de dados? Isso é essencial pra você fazer mais e bater a sua meta de ganhos.

5. Mude as configurações dos apps

Você sabia que é possível desabilitar o uso de dados móveis nos apps que você não usa com tanta frequência? Mais um jeito de economizar a sua internet, parceiro.

Se liga, que essas configurações estão disponíveis nos sistemas operacionais Android e iOS, assim ninguém fica de fora.

E aí, curtiu essas dicas? Agora que você já sabe tudo sobre como economizar dados móveis, bora colocar os ensinamentos em prática?

Ah, fique de olho também nas nossas redes sociais, pra se manter sempre bem informado sobre o universo do motorista de app! Estamos no Facebook, no  Instagram e no YouTube.

Uber Reserve: conheça a mais nova funcionalidade da Uber

E aí, parceiro! Tá sabendo da novidade do mundo dos aplicativos? Desde março de 2022, a Uber lançou mais uma funcionalidade em seu app: a Uber Reserve.

O novo recurso que chegou ao Brasil permite agendar viagens com até 30 dias de antecedência. Além disso, o motorista de aplicativo conta com algumas vantagens na hora da corrida.

Role pra baixo e conheça a nova função mais detalhadamente.

Como funciona o Uber Reserve?

O Uber Reserve tem o objetivo de ajudar os passageiros a programar suas corridas. A novidade é perfeita pra quem tem um compromisso marcado, como consulta médica, entrevista de emprego ou uma viagem, e quer evitar o risco de se atrasar. Bacana, né? 

Vale lembrar que é necessário um prazo mínimo para a reserva: pelo menos duas horas antes do horário agendado, pra que o motorista tenha tempo suficiente pra responder e, claro, chegar ao local de embarque.

Pra esse recurso, o Uber Reserve cobra uma taxa de reserva, além do valor da corrida, que é baseada na categoria Comfort. O total é informado ao passageiro no momento da solicitação.

Quais são as vantagens pros motoristas de app?

A nova forma de agendamento de viagens da Uber também traz algumas vantagens pros motoristas de aplicativo. Saca só:

  • Melhores corridas: o novo recurso pode ser uma opção pros motoristas aceitarem melhores corridas que se encaixem no seu dia a dia. 
  • Taxa extra: os motoristas que aceitarem os agendamentos terão direito à taxa extra. Sendo assim, aceitou a reserva? Agora é só aparecer no local, dia e horário marcados. 
  • Proteção pro motorista: pra garantir os ganhos dos motoristas, caso uma reserva for cancelada dentro de uma hora antes da viagem, eles receberão a tarifa completa. Massa, né? 

Onde já tem Uber Reserve?

O Uber Reserve foi criado no fim de 2020 e passou a ser oferecido em algumas cidades dos Estados Unidos.

Agora, o recurso chegou ao Brasil, e a sua estreia tá acontecendo em Curitiba. De modo gradual, um grupo de usuários começou a ter acesso à novidade no último mês de março. A ideia é expandir o recurso aos poucos pra todos os usuários da região e também a outras cidades.

E aí? Ansiosos pra experimentar a mais nova funcionalidade do mundo dos motoristas de app? Fique de olho também nas nossas redes sociais, pra se manter sempre bem-informado! Estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube.

Afinal, Uber tem convênio médico?

Será que há convênio médico pra Uber? Muita gente que está pensando em trabalhar com o aplicativo tem a mesma dúvida. A saúde é um bem muito valioso pra todas as pessoas e deve ser valorizada ao máximo, principalmente em um trabalho autônomo.

Sendo assim, confira todas as informações sobre o plano de saúde que pode ser feito pra profissionais como os motoristas de Uber, que trabalham sem vínculo empregatício formal com uma empresa.

Motorista de Uber: um profissional autônomo

Antes mesmo de saber se existe convênio médico pra Uber, é importante ter em mente o que é um profissional autônomo. Ele nada mais é do que um trabalhador que exerce as suas funções de uma maneira liberal, por conta própria. Assim, é possível enxergá-lo como um prestador de serviços.

A principal característica de um profissional autônomo é não possuir vínculo empregatício com qualquer empresa, ou seja, ele trabalha sem a incorporação de um cargo efetivo. Dessa maneira, tem total autonomia em relação às suas finanças, podendo oferecer seus serviços em mais de um local em horários semelhantes.

É válido lembrar que, nem sempre, a prestação de serviços de um profissional autônomo será eventual. É possível, sim, que ele ofereça as suas habilidades por mais de uma vez em uma mesma empresa, como é o caso da Uber. Para isso, é necessário observar o acordo feito entre ambas as partes.

Para usufruir de um convênio médico, o profissional autônomo deve ter vínculo ativo com o CNPJ MEI, visando utilizar os benefícios que essa vinculação oferece. Saiba mais a seguir.

Plano de saúde para MEI

Você sabe o que é o plano de saúde para MEI? Ele é uma das respostas para a pergunta sobre convênio médico para Uber. Essa modalidade oferece assistência médica e hospitalar, voltada para os Microempreendedores Individuais. Seu funcionamento é semelhante ao plano de saúde tradicional.

Uma das maiores vantagens que pode ser encontrada no plano de saúde para MEI é, sem dúvida alguma, o “desconto” de 35% em relação aos planos individuais, segundo o portal MEI Fácil. Essa vantagem pode representar uma excelente opção para os motoristas de aplicativo que desejam fazer uma boa gestão de benefícios.

Regras do plano de saúde

Antes mesmo de contratar o plano de saúde, é importante saber que ele possui algumas regras. Uma das mais conhecidas é a de que o profissional precisará ter um CNPJ MEI ativo por um período de, pelo menos, seis meses. Dessa maneira, ele poderá se enquadrar na previsão do plano de contratação.

Também será necessário que o autônomo apresente um Registro Ativo diretamente ligado à Receita Federal. Por meio dos registros, haverá a possibilidade de verificar quando a “empresa” foi aberta.

Outras regras gerais aplicáveis são:

  • Um dependente;
  • Apresentação de RG e CPF no momento da contratação.

Como fazer o plano de saúde?

Depois de descobrir que existe convênio médico para Uber, é importante saber como contratá-lo. O tempo de atividade será o critério principal, levando em consideração os seis meses de atividade. Após obter todos os documentos anteriormente mencionados, basta entrar em contato com uma operadora de plano de saúde.

Pensando em começar a trabalhar como motorista da Uber? Então conte com Zarp!

Álcool ou gasolina: o que compensa mais com a alta dos combustíveis?

Nos últimos tempos, os aumentos nos preços dos combustíveis têm sido rotina na vida dos brasileiros. Pra quem é motorista de app então, isso vem impactando diretamente os ganhos das corridas.

Pra diminuir o impacto, muita gente tá se perguntando se vale mais a pena abastecer com álcool ou com gasolina. Só que, pra ter essa resposta, é preciso levar em conta diversos fatores.

Listamos algumas dicas pra te ajudar nessa, parceiro. Bora conferir?

Quais são as diferenças entre álcool e gasolina?

Antes de tudo, vale entender melhor as diferenças entre álcool e gasolina. Bora? Pra isso, também é preciso conhecer um pouco mais sobre a origem de cada um.

O etanol, o tipo de álcool usado como combustível pros veículos, pode ser produzido a partir de diferentes matérias-primas, como o milho, a beterraba e a cana-de-açúcar. Interessante, né? No Brasil, a cana-de-açúcar é a mais utilizada.

Já a gasolina é um combustível derivado do petróleo, que passa por diversos processos químicos até chegar à sua forma ideal pros motores de veículos. Com isso, o seu preço oscila de acordo com o preço internacional do petróleo e com a variação do dólar.

Mas por que o preço do etanol também está aumentando? Um dos principais motivos é que a competitividade entre os combustíveis garante a manutenção dos estoques ao longo do ano todo.

Álcool ou gasolina: como saber qual compensa mais?

Já tá na boca do povo que o álcool é mais econômico se custar até 70% do preço da gasolina, ou se for 30% mais barato. Esse modo de pensar se deve aos parâmetros do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).  

Como calcular a diferença?

É só fazer assim:

  • Multiplique o valor do litro da gasolina por 0,7.
  • Se o resultado for menor que o valor do litro do álcool, a gasolina é a melhor opção.
  • Se o resultado for maior que o valor do litro do álcool, o álcool é mais vantajoso.

Vamos a um exemplo? Suponhamos que o preço médio do litro de gasolina seja R$ 7,06, e o do litro de álcool, R$ 4,81.

  • Pra saber o que mais compensa: R$ 7,06 (litro da gasolina) x 0,7 = R$ 4,94.

Assim, nesse caso, compensaria mais abastecer com álcool, já que o resultado da multiplicação foi maior que o valor do álcool.

E se o preço médio do litro de gasolina for R$ 7,06, e o do litro de álcool, R$ 4,96? Aí, nesse caso, R$ 4,96 é maior que R$ 4,94, então valeria mais a pena abastecer com gasolina.

Viu como é simples?

Como economizar combustível?

Pra escolher o combustível que mais compensa, também tem que levar em conta alguns outros fatores além do cálculo. Se liga:

  • Carro: rodar em um carro que consome menos combustível é uma boa pedida, concorda?
  • Condução: adotar boas práticas na maneira de dirigir também faz toda a diferença, pois a forma como o motorista dirige impacta o consumo do carro. Fica a dica!
  • Faça testes: o mais indicado é fazer testes com os tipos de combustíveis e ficar atento ao rendimento por litro, já que o motor, o jeito de conduzir e a qualidade do combustível também entram na conta.

Aqui no blog você também encontra outras dicas pra economizar combustível, viu? Ah, e tome cuidado pra não cair na cilada de abastecer em locais com combustíveis adulterados! 

Tanque Cheio: vantagem de ser Zarper

Se você é Zarper, fique ligado, porque tem vantagens exclusivas te esperando.

Com Zarp Tanque Cheio, você ganha descontos no combustível em postos parceiros. E conseguir esse benefício é mamão com açúcar!

É só ir a um de nossos postos credenciados e avisar ao frentista que você é Zarper. Ele vai conferir a sua placa e pronto: é só abastecer pagando menos! Incrível, né?

Se liga: esse benefício é válido apenas nas cidades com agências exclusivas Zarp, e você pode conferir a lista dos postos parceiros e o valor do desconto no app!

Gostou da ideia e quer ser Zarper? Então corra, que a hora é agora!

Quais dias trabalhar com a Uber?

Ei, você, que gosta de dirigir e conquistar a sua independência com aplicativos, que tal conhecer quais os melhores dias pra trabalhar com a Uber? O horário de pico é essencial pra faturar um pouco mais do que de costume, não é mesmo?

Pensando nisso, Zarp Localiza, que é a sua melhor parceira na hora de colocar o carro pra rodar, decidiu contar alguns segredos. Afinal, quem não quer apresentar um bom rendimento no fim do mês, não é? Seja pra pagar as contas ou pra ter um momento de lazer com a família, esse valor a mais sempre cai bem!

Melhores dias pra trabalhar com a Uber

Sim, existem os melhores dias pra trabalhar com a Uber. Isso porque, quando lidamos com passageiros, precisamos conseguir entender como se comportam. Será que antes do horário de almoço tem muito movimento? Ou seria exatamente durante esse período? Os motoristas precisam ficar espertos pra aproveitar todas as oportunidades, beleza?

Além disso, existem outras centenas de fatores que influenciam diretamente nos seus ganhos. Sejam os horários, o dia da semana ou até mesmo um feriado em que muita gente quer viajar, dá pra ganhar mais dinheiro do que se imagina. Basta ter dedicação e também uma pitadinha de atenção.

Segunda a quinta-feira

Ao longo da semana, de segunda a quinta-feira, existem horários mais adequados pra conseguir uma renda ampliada. Isso significa que você pode saber exatamente a hora de sair de casa pra faturar. Demais, hein?

Pela manhã

A maior parte das pessoas não gosta de acordar cedo, e esse é o momento certo pra se aproveitar dessa informação. Enquanto outros afiliados ainda estão dormindo, que tal levar mais dinheiro pro seu bolso? No horário das 9:40h às 11h30, pouca gente solicita corridas, então o ideal é focar no horário entre 5h e 9:30h.

Após às 17h

Após às 17h, que é quando os pais querem buscar seus filhos na escola ou as pessoas estão saindo do trabalho e da faculdade, o movimento cresce bastante, sendo a sua oportunidade de ganhar mais dinheiro.

Sexta-feira

Pela manhã e após às 17h

Assim como de segunda a quinta, às sextas há bastante movimento das 5h às 9:30h e a partir das 17h, pois são momentos em que muitas pessoas estão se deslocando pro trabalho ou voltando dele.

A partir das 22h

Sabe aquele momento gostoso, quando chega o final da sexta-feira, que a maior parte das pessoas ficaram esperando pra finalmente poder curtir? Então, esse é o dia certo pra colocar o carro nas ruas.

Na virada da sexta pro sábado, tem várias pessoas saindo pra barzinhos ou pra casa daquele amigo mais próximo. A partir das 22h, você vai observar um movimento fora do comum no seu aplicativo.

Sábado

De meia-noite às 5h

Como já mencionamos, a virada de sexta pra sábado é bem movimentada. É por isso que dizemos que sexta e sábado são bons dias pra trabalhar com a Uber. Esse horário se prolonga até às 5h do sábado, ainda mais em regiões de bairros verticais ou locais onde encontramos muitos bares e casas de festa.

Após às 17h

No sábado,esse horário acaba enchendo os olhos de vários motoristas. Isso porque muita gente está se movimentando pra algum compromisso, seja uma balada, um barzinho ou até mesmo um bom restaurante. Entendeu?

Dicas pra aumentar seus ganhos com a Uber

Depois de saber quais dias trabalhar com a Uber, está na hora de aprender mais algumas dicas básicas pra faturar ainda mais. Afinal, quem não quer tirar um dia de folga ou simplesmente curtir um pouquinho mais ao lado da família?

Escolha um bom plano de internet

Quando é necessário estar sempre conectado à internet, principalmente por causa das constantes alterações nas cidades, um bom plano de dados móveis poderá ser bastante útil. Afinal, quem nunca usou o GPS pra descobrir um caminho novo?

Sendo assim, pra que não haja nenhuma falha na hora de transportar alguém de um lugar a outro, escolha um bom plano de internet. Isso fará com que o seu celular não te deixe na mão na hora em que mais precisar dele. Além disso, você também precisará da conexão pra aceitar novas corridas.

Use a previsão do tempo a seu favor

Além de saber quais dias trabalhar com a Uber, também é importante verificar como está o tempo. Na maior parte dos casos, quando chove, muita gente tende a solicitar um carro de aplicativo. Então, se você quer mesmo ganhar dinheiro, comece a ficar de olho nesse tipo de oportunidade pra lucrar e conseguir várias corridas.

Seja uma pessoa educada

Ser uma pessoa educada também conta bastante. Isso porque quando lidamos com o público precisamos compreender as suas necessidades. Então, quando notar que algum passageiro não deseja iniciar uma conversa, basta seguir a viagem, perguntando algo apenas quando for estritamente necessário ou se ele der alguma abertura.

Além disso, ser profissional pode contar muito na hora de receber uma avaliação no aplicativo. Lembre-se sempre que será o seu passageiro o responsável por oferecer uma nota após a corrida. Então, aja da melhor maneira possível e sempre busque respeitar o espaço pessoal de quem está ao seu lado no carro.

Estude bem as rotas

Conhecer as rotas acaba sendo um grande facilitador e, por isso, é necessário estar sempre atualizado com relação a esse tipo de informação. Lembre-se de trabalhar seguindo o trajeto que for sugerido pelo GPS, mas também pergunte ao passageiro se ele tem alguma rota de preferência, beleza?

Depois de aprender mais sobre dias pra trabalhar com a Uber, faça uma simulação e conheça as opções pra aluguel de carros pra aplicativos. Vem de Zarp!

Uber X ou Uber Black: requisitos e vantagens

Pra quem está começando no mundo das corridas, fica mesmo difícil saber qual a diferença entre as categorias. Na Uber, é possível escolher entre várias opções , mas Uber X ou Uber Black são as mais populares. Você já deve ter ouvido falar de ambas, principalmente se está interessado em começar, não é mesmo?

Os requisitos pra fazer parte de cada uma das categorias são diferentes. Ainda assim, é preciso avaliar o cenário como um todo pra saber qual delas te dá mais vantagens, tá bom? Então, aproveite este  texto pra  descobrir em qual das duas você se encaixa melhor!

O que é Uber X?

Se você está curioso pra descobrir o que é mais vantajoso, Uber X ou Uber Black, vamos começar explicando o que é a Uber X. Essa é uma categoria de entrada da empresa e possui um serviço padrão, aquele que a maior parte dos passageiros clica pra chamar a sua corrida.

Nela, é possível levar até quatro pessoas e ainda oferecer conforto. A única categoria que pode ser considerada mais barata para os passageiros do que a Uber X é a Uber Juntos, que foi suspensa durante a pandemia, mas tinha como objetivo promover viagens compartilhadas.

Os carros registrados devem seguir algumas exigências pra que se enquadrem nesse tipo de requisição da empresa.

Além disso, é necessário que os parceiros tenham muito jogo de cintura pra trabalhar, sempre respeitando o cliente e ficando de olho em suas preferências. Uma coisa que pode facilitar essa relação, por exemplo, é ter ar-condicionado no carro.  

Pra não ter dor de cabeça, Zarp te oferece carros completinhos, que se encaixam perfeitamente nas exigências da Uber, sabia?

Requisitos pra fazer parte da categoria

Calma, a dúvida sobre Uber X ou Uber Black ainda vai ser sanada! Primeiro, vamos falar sobre quais são os requisitos pra se encaixar na categoria da Uber X. Um deles é que o veículo precisa ter fabricação de 2013 ou superior nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Nas demais cidades, a fabricação precisa ser de 2011 ou superior.

Além disso, o veículo escolhido pra ser conduzido precisa, obrigatoriamente, ter quatro portas, ar-condicionado e cinco lugares. Isso garante ainda mais conforto pros passageiros, tornando a viagem mais especial. A Uber sempre prioriza o bem-estar pra que as pessoas voltem a usar seu aplicativo.

O que é Uber Black?

Essa categoria da Uber foi a primeira a ser instaurada no Brasil. Começou no Rio de Janeiro e foi se espalhando aos pouquinhos, ganhando espaço no coração de condutores e passageiros. Até então, acabou se mostrando a mais queridinha por todos, principalmente por causa do conforto proporcionado.

 Para os usuários, uma viagem de Uber Black custa aproximadamente 1.8 vez o preço de uma viagem equivalente na categoria X. Assim, entre Uber X e Uber Black,  o motorista parceiro sempre ganhará mais na categoria Black.

No entanto, para os viajantes, a diferença no preço das corridas entre ambas as categorias mencionadas anteriormente compensa pelas características apresentadas no veículo. Os carros são bem grandes, têm muito espaço e poucos anos de uso.

Também tem aquele diferencial de os carros serem sedãs de luxo, pra carregar os passageiros com toda a pompa que eles merecem. Entre os modelos mais usados na categoria, podemos observar o Civic, Sonata, Fusion, Corolla, Fluence e Azera. Ainda assim, outros veículos podem ser utilizados, desde que cumpram todos os requisitos.

Requisitos pra fazer parte da categoria

Pra se enquadrar na categoria da Uber Black, é necessário que o veículo tenha ar condicionado, quatro portas e no mínimo cinco lugares e que esteja na lista de veículos autorizados pela empresa. Além disso, a idade veicular é de no máximo 6 anos (por exemplo, em 2022, carros com ano de fabricação abaixo de 2016 não são aceitos)..

O ideal é que as cores utilizadas pelo veículo sejam prata, cinza, azul-marinho, marrom, branco, preto ou chumbo. No mais, outras cores de carros estão descartadas. Essa é mais uma das formas de diferenciar Uber X ou Uber Black. Ah, e tem mais! O afiliado precisa ter completado 100 viagens pra se enquadrar.

Há outra exigência que também precisa ser cumprida quando o assunto é Uber Black. Ela está voltada pras avaliações. Então, se você já está empolgado pra começar a trabalhar com ela, saiba que a média mínima da nota precisa ser de 4,85. Essa média é feita com base nas últimas 500 viagens.

Outras categorias da Uber

As categorias Uber X e Uber Black não são as únicas existentes na Uber. Conheça, abaixo, outras formas de trabalhar com a Uber.

  • Uber Bag: essa categoria se enquadra nas solicitações de passageiros que desejam veículos com malas maiores, a fim de colocar uma maior quantidade de bagagens em seu interior. A Uber Bag utiliza os mesmos carros que poderiam ser vistos em outras categorias. No entanto, são os motoristas que escolhem se desejam, ou não, estar nessa categoria.
  • Uber English: a Uber English só funciona no Rio de Janeiro, por ser considerada a cidade mais turística de todo o Brasil. Pra se enquadrar nela, é necessário passar por um treinamento pra aprender a falar inglês.
  • Uber Comfort: a Uber Comfort se diferencia da Uber X apenas pela data de fabricação do veículo, bem como pelo espaço interno, que é maior e mais confortável, assim como seu nome sugere. Os carros precisam ter até 5, 7 ou 8 anos de fabricação, dependendo da cidade onde o motorista atua.
  • Uber Juntos: a Uber Juntos é a categoria de menor preço do aplicativo, visto que busca outros passageiros ao longo de uma mesma corrida. Ela é restrita a apenas São Paulo e Rio de Janeiro e está desativada temporariamente devido à pandemia. Sendo assim, é preciso aguardar para que seja possível dirigir, mais uma vez, nessa categoria.

Está em dúvida sobre onde encontrar um carro para a categoria Uber X? Então faça uma simulação de aluguel de carros para aplicativos Zarp Localiza!

8 dicas essenciais pra economizar gasolina

A gente sabe que o motorista de app não consegue fugir da necessidade de abastecer o carro frequentemente, e, por isso, é sempre bom aproveitar as oportunidades para economizar, especialmente em um momento de constantes aumentos no preço da gasolina.

Separamos 8 dicas de como economizar gasolina pra te ajudar a fazer seu carro render mais e beber menos. Ah, essas dicas também funcionam para outros tipos de combustíveis, como diesel e etanol, viu? Saca só!

1. Controle de embreagem só quando necessário

Às vezes, fazer controle de embreagem é supernecessário, principalmente quando a gente tá naquele morrão, né não? 

Mas essa prática gasta muito combustível e, ainda por cima, diminui a vida útil do disco de embreagem. Por isso, sempre que possível, é bom evitar fazer controle.

2. Vrum, vrum?

O barulho do motor quando a gente dá aquela acelerada tem um toque de filme de ação, né? Por mais legal que pareça, forçar a aceleração pode gastar muita gasolina. Então, em vez de pisar fundo e desperdiçar combustível, o melhor é acelerar de forma mais suave e aumentar a velocidade pouco a pouco.

Além da economia que essa prática traz, isso ainda melhora o desempenho do carro.

3. Freadas bruscas só fazem mal pro seu carro

A mesma ideia acima vale na hora de desacelerar. Claro, não tem como prever alguém entrando na nossa frente de uma vez ou furando o sinal pra conseguirmos nos planejar pra esse tipo de situação. 

Mas diminuir a velocidade aos poucos antes de um quebra-molas ou obstáculo já contribui pra economizar gasolina.

4. A manutenção tá em dia?

Quando o carro é seu instrumento de trabalho, é sempre importante manter a manutenção em dia. Mas você sabia que, além de trazer mais segurança pra você e pros seus passageiros, esse passo também é importante pra diminuir o consumo de gasolina do carro?

Tudo que diminui a eficiência do motor, como velas de ignição queimadas ou filtro de ar sujo, faz seu carro beber mais.

E sabe outra coisa que uma manutenção em dia evita? Multas e infrações de trânsito.

5. Pneus murchos? Jamais!

Se você chegou até aqui, tá na hora de descer do carro e checar como estão seus pneus! 

Calibrá-los regularmente evita que o carro tenha mais arrasto. Caso eles fiquem murchos, o consumo de combustível aumenta cerca de 2% a cada 3 psi a menos de pressão.

E aí, tá esperando o quê? Corra pro posto mais próximo e cuide dos seus pneus!

6. Deixe o vento entrar!

Sabe aquele ventinho gostoso que entra pela janela do carro quando ele tá em alta velocidade? Ele pode te ajudar a encher o tanque menos vezes.

A gente sabe que, quando você é motorista de app, nem sempre dá pra controlar quando o ar-condicionado fica ligado ou não, porque isso varia do cliente que tá no seu carro no momento. 

Porém, sempre que possível, andar com os vidros abertos vai te ajudar a gastar menos. Você também pode abrir as saídas de ar e pegar um ventinho extra. 

E, claro, sempre que for estacionar, busque uma vaga na sombra, evitando ligar o ar pra refrescar o carro depois.

7. Ponto morto? Nem morto!

É uma crença comum que rodar na banguela ajuda na economia de gasolina. Mas, na verdade, o que acontece é exatamente o contrário. 

Quando o carro tá rodando em ponto morto, o motor injeta combustível o tempo todo, pra evitar que o carro morra.

Ou seja, na verdade, em vez de economizar gasolina, você acaba gastando ainda mais. Além de colocar a sua segurança e a do passageiro em risco.

Uma forma de fazer o carro render mais é, quando estiver em descidas, deixar o carro engatado, mas não acelerar, aproveitando o impulso que a própria gravidade oferece.

8. Carro na reserva? Cuidado!

Com o preço do combustível subindo, a gente tem a tendência de gastar tudo que dá, pra aproveitar melhor o dinheiro que investimos. Mas, na verdade, a ideia de deixar o carro entrar sempre na reserva faz com que a gasolina evapore mais rápido, o que gera uma perda significativa do combustível. 

Essas pequenas perdas podem pesar muito no bolso, principalmente em momentos de alta no preço. Por isso, pra evitar esse problema, o melhor a se fazer é não deixar o tanque com menos de ¼ cheio.

Dica bônus:

Se você é Zarper, fique ligado, que tem ainda mais vantagens te esperando. 

Com Zarp Tanque Cheio, você ganha descontos de, em média, R$ 0,30 no litro de combustível. E conseguir esse benefício é mamão com açúcar! 

É só ir a um de nossos postos credenciados e avisar ao frentista que você é Zarper. Ele vai conferir a sua placa e pronto: é só abastecer pagando menos! Incrível, né?

Se liga: esse benefício é válido apenas nas cidades com agência exclusiva Zarp.

Gostou da ideia e quer ser Zarper? Então corra, que a hora é agora!

E aí, curtiu essas dicas?

Como não dá pra prever os possíveis aumentos futuros no valor da gasolina, seguir essas dicas vai te ajudar a evitar sustos e a garantir que, pelo menos, o seu consumo diminua.

Conte pra gente nos comentários: qual é a sua tática pra gastar menos combustível? Aproveite e siga a gente nas redes sociais pra ficar por dentro de outras dicas: estamos no Instagram, Facebook e YouTube.